Skip to content

Notícias


setembro 11

PRÓ-MEMÓRIAS DE SÃO CAETANO E INDAIATUBA DISCUTEM PARCERIAS E PROJETOS

  • quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Em um gesto inédito de aproximação, a Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul visitou na última terça-feira (10/9) sua homônima de Indaiatuba  (116 km de São Paulo) no interior paulista. Na ocasião, o presidente Charly Farid Cury, a coordenadora-geral Márcia Gallo e a coordenadora do Centro de Documentação História, Monica Iafrate, foram recebidos pelo superintendente da Pró-Memória de Indaiatuba, Carlos Gustavo Nóbrega de Jesus.
A equipe da FPM sul-são-caetanense conheceu as atividades e os espaços físicos de sua coirmã indaiatubana como a nova sede, inaugurada em junho passado, e o histórico Casarão Pau Preto, construção do início do século XIX em taipa, tanto a de pilão como a de mão e que atualmente abriga o Museu Municipal da cidade. 

“Das três Pró-Memórias existentes no Estado de São Paulo, somos a primeira com 28 anos. Logo após vem a de São Carlos com 26 anos e Indaiatuba com 25. Como instituição mais longeva que somos vamos iniciar aproximação e diálogo com as outras duas conhecendo seus trabalhos, apresentando os nossos e buscando a criação de projetos em comum”, disse Charly. 
Carlos Gustavo elogiou a aproximação entre as duas instituições e destacou as afinidades e semelhanças entre elas. “Nós da Pró-Memória de Indaiatuba sempre acompanhamos à distância o trabalho da de São Caetano, inclusive recebemos aqui a Revista Raízes é com grande satisfação que realizamos esse encontro e desejamos que se torne rotineiro”, afirmou.

De acordo com Charly em breve será realizada reunião com a Pró-Memória de São Carlos. “Nosso objetivo principal é estreitar os laços e trocar conhecimento em nossas áreas iguais como história, memória e cultura”, finalizou.

setembro 05

PRÓ-MEMÓRIA CELEBRA DIA DO IDOSO COM EXPOSIÇÃO VIRTUAL

  • quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Comemorado no dia 27 de setembro, o Dia Nacional do Idoso, é homenageado pela Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul em sua exposição virtual de setembro disponível no site da instituição (www.fpm.org.br).

A mostra conta com fotos de atividades nos cinco Centros Integrados de Saúde e Educação (CISEs) do município: a saber: CISE Dr. Moacyr Rodrigues, CISE João Nicolau Braido, CISE Francisco Coriolano, CISE João Castaldelli e CISE Benedicto Djalma Castro.

São Caetano registra um dos maiores índices de longevidade do país, com expectativa de vida de 78,2 anos. Como forma de promover o envelhecimento com qualidade de vida, a prefeitura oferece aos munícipes com mais de 50 anos diversos serviços nos CISEs além de Universidade Aberta para a Terceira Idade.

agosto 28

PRÓ-MEMÓRIA PROMOVE LANÇAMENTO DE LIVRO SOBRE MIGRAÇÕES E REVISTA RAÍZES

  • quarta-feira, 28 de agosto de 2019

A Fundação Pró-Memória por meio do Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico promove no próximo sábado (31/8) ,às 15h, o lançamento do livro Babel nas terras alagadiças: revista Raízes, migrações e memórias em São Caetano do Sul de autoria da jornalista e professora Lilian Crepaldi.

A obra destaca a importância do imaginário migrante na região do ABC paulista por meio de Raízes, publicação da Pró-Memória editada desde 1989, que ao abarcar um conjunto de grupos culturais de distintas origens, congrega memórias, afetos, saberes e práticas, sobretudo com a divulgação da memória daqueles que deram contribuição significativa à cidade e à construção social. Além de mostrar que as inconstâncias da natureza, a pobreza, a guerra e, até mesmo, o fascínio pelo novo, levam às diferentes migrações, o livro ressalta que valorizar o passado e a tradição são maneiras naturais de entender o hoje.

O Espaço Cultural – Casa de Vidro fica na Praça do Professor (altura da Avenida Goiás, nº 111, Bairro Santa Paula). Durante a atividade haverá sessão de autógrafos e comercialização da obra ao custo de R$45,00. 

agosto 21

ARTISTA DA PRÓ-MEMÓRIA PARTICIPA DE EXPOSIÇÃO EM SÃO PAULO

  • quarta-feira, 21 de agosto de 2019

O coordenador do Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, João Alberto Tessarini, participa da exposição coletiva Retratos de São Paulo de Piratininga em cartaz a partir desta quinta-feira (22/8) às 15h no tradicional Centro Cultural Correios São Paulo (CCCSP).

Ao lado de outros 17 artistas, Tessarini traz ao público a instalação Fratum produzida na década passada e que conta com 4 metros de diâmetro e é composta por 300 cabeças colocadas de forma circular em volta de um totem. Os materiais utilizados na produção da obra foram: bronze, cerâmica, gesso, tecido, ferro e esmalte. Esta é a quarta exposição da peça, que já passou por ateliê em Campinas, no 3º. Salão de Arte Contemporânea de São Bernardo do Campo e pela Pinacoteca Municipal de São Caetano.

Retratos de São Paulo de Piratininga conta com visitação livre e gratuita e vai até o dia 18/10. O horário é de segunda a sexta-feira das 10h às 17h. O Centro Cultural Correios São Paulo (também conhecido como Palácio dos Correios) fica na Avenida São João, 250, Anhangabaú, São Paulo.

agosto 20

ESPAÇO DO FORNO RECEBE GRUPO PARTICIPANTE DA JORNADA DO PATRIMÔNIO 2019

  • terça-feira, 20 de agosto de 2019

O Espaço do Forno, local expositivo pertencente a Fundação Pró-Memória, recebeu no último sábado (17/8) grupo de 40 pessoas como parte integrante das ações da Jornada do Patrimônio 2019, ação realizada pela Prefeitura de São Paulo em parceria com o Sesc.

Nesta edição, a atividade contemplou o município sul-são-caetanense com a temática “ O Tamanduateí encontra São Caetano" que discutiu a expansão do núcleo histórico do local e o escoamento da produção do ABC Paulista.   

Em roteiro organizado pelo coletivo Pisa – que realiza atividades educativas pela capital – os participantes do grupo, frequentadores do Sesc São Caetano, puderam conhecer a origem e crescimento da cidade por meio da história da Cerâmica São Caetano, originalmente estabelecida no local e cujo espaço expositivo é um dos fornos provenientes da empresa, em visita monitorada pelo historiador da FPM, Rodrigo Munari.

Na ocasião, foi realizada roda de conversa onde houve troca de experiências e informações e também foi apresentada a exposição Cerâmica São Caetano: o resto e o silêncio em cartaz no espaço até o dia 14 de setembro.

Os grupos interessados em conhecer os espaços da Fundação Pró-Memória em visita monitorada podem buscar mais informações pelo telefone 4223 4780 em horário comercial.

agosto 14

PINACOTECA DE SÃO CAETANO APRESENTA EXPOSIÇÃO RUBENS IANELLI – PASSAGENS

  • quarta-feira, 14 de agosto de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul por meio da Pinacoteca Municipal apresenta a partir do próximo dia 22 (quinta-feira) às 19h30 a exposição Rubens Ianelli – Passagens. Visitação livre e gratuita.

Com aproximadamente 50 obras, que abrangem diversas linguagens artísticas como escultura, instalações e aquarelas, a mostra exibe um artista múltiplo, inquieto que desenvolve um percurso artístico laborioso, disciplinado e rigoroso, permitindo aos visitantes caminhar por suas experiências repletas de variados elementos ligados a referencias modernistas, construtivistas e indígenas.

Entre as obras expostas estão os trabalhos composição I e II apresentadas por Ianelli no Salão de Arte Contemporânea de São Caetano em 1973 e atualmente pertencentes ao acervo da Pinacoteca.

Assim, com mais essa exposição a Pró-Memória mantém o foco em sua missão educativa e pedagógica, voltada para a formação de um público apreciador de artes, atendendo a visitantes espontâneos, estudantes e professores por meio de visitas monitoradas e curso de capacitação. Oferecendo a oportunidade de apreciar diversas linguagens artísticas colaborando para o processo de preservação de manifestações culturais, construção de identidade e repertório artístico, juntamente com preservação da memória do cidadão sul-são-caetanense.

Artista

Nascido em 1953 em São Paulo, Rubens Ianelli conviveu desde criança com as artes sendo filho e sobrinho de artistas plásticos. Viajou por vários países, visitando museus e inteirando-se dos movimentos artísticos. Na década de 70, com desenhos e pinturas geométricas participa de diversos salões de arte contemporânea, nos anos 1980 participa de movimentos estudantis e compromete-se com o movimento pela redemocratização do país, adotando a militância partidária, deixando transparecer sua preocupação com o social para o bem comum. Inicia também estudo em medicina na cidade de Taubaté. Atua como médico sanitarista, na área de doenças infecciosas que afetam significativamente certas regiões e populações indígenas.
Rubens Ianelli – Passagens está em exposição até o dia 25 de outubro de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 13h. A Pinacoteca está localizada na Avenida Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223 4780 em horário comercial.

agosto 06

DIA DO SOLDADO É CELEBRADO EM EXPOSIÇÃO VIRTUAL DA PRÓ-MEMÓRIA

  • terça-feira, 6 de agosto de 2019

Celebrado no dia 25 de agosto, data de nascimento do patrono do exército brasileiro, Duque de Caxias (1803-1878), O Dia do Soldado é o tema da exposição virtual desse mês da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul (disponível no site: www.fpm.org.br). 

Contando com variadas fotos do acervo do Centro de Documentação Histórica da instituição, a mostra homenageia a todos soldados brasileiros, especialmente os sul-são-caetanenses, que serviram a pátria na Segunda Guerra Mundial, fazendo parte da Força Expedicionária Brasileira (FEB), como também os soldados do Tiro de Guerra.

Entre o material exposto está o registro histórico do Arco do Triunfo, feito para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial e homenagear os pracinhas da FEB, de São Caetano. O arco foi projetado pelo desenhista Francisco Del Rey, que trabalhava nas Indústrias Reunidas Fábricas Matarazzo. Foi montado na Praça Cardeal Arcoverde, onde houve o desfile dos pracinhas. 

agosto 05

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA RECEBE ARTIGOS E FOTOS PARA REVISTA RAÍZES

  • segunda-feira, 5 de agosto de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul está com inscrições abertas para a submissão de artigos para publicação na próxima edição da revista Raízes. O manual com as normas está disponível no site da Pró-Memória na página de Downloads (http://www.fpm.org.br/Download). O prazo final de entrega será no dia 16 de setembro.

Com 59 edições publicadas, a revista celebra o legado do passado e visa manter viva a história e a memória de São Caetano do Sul e do Grande ABC, sempre fazendo elo com o presente e com as novas gerações. A normatização para os artigos foi criada com o objetivo de melhorar a qualidade da revista e aprimorar seu conteúdo. Os textos da Raízes abrangem temáticas da história e da memória da cidade de São Caetano do Sul ou da região (Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), assim como patrimônio histórico e cultural, arquivologia, museologia e artes visuais.
Artigos, resenhas, crônicas e entrevistas, de pesquisadores autônomos ou vinculados a instituições públicas ou privadas, ou mesmo escritores independentes, integram as edições semestrais, publicadas sempre nos meses de julho e dezembro.

Raízes e Retratos

A Fundação Pró-Memória também está com o projeto Raízes e Retratos aberto para inscrições. Dentro do mesmo período, poderão ser inscritas fotos com qualquer tema, como registros familiares, eventos políticos/sociais, arquitetônicos, religiosos, étnicos, de hábitos, costumes, aspectos culturais e turísticos, que poderão ser publicadas na revista Raízes. 

Após passarem por avaliação, as fotos são devolvidas àqueles que contribuíram. As imagens podem ser trazidas na sede da Pró-Memória (Av. Dr. Augusto de Toledo, n° 255, Bairro Santa Paula) de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, ou enviadas para o e-mail raizes@fpm.org.br.

Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone 4223-4780 ou pelo site da instituição, www.fpm.org.br.

julho 30

PRÓ-MEMÓRIA APRESENTA PROGRAMA ARTE COMO APOIO TERAPÊUTICO

  • terça-feira, 30 de julho de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul em parceria com os CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) AD e Geral, unidades municipais de saúde, apresenta a abertura de mais uma edição do programa Arte como Apoio Terapêutico a partir desta quarta-feira (31/7) às 13h30 no saguão da Pinacoteca Municipal (Av. Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula), visitação livre e gratuita.

Projeto pioneiro e inovador no município e capitaneado pelas arte-educadoras, coordenadoras e curadoras da Pinacoteca Nair Duarte e Fabiana Cavalcante, o programa é uma ação continuada, evidenciando que o espaço do museu deve ser apropriado e utilizado como lugar de socialização e de interação oferecendo uma importante reflexão sobre arte como estratégia na organização dos cuidados nos serviços da saúde mental e como uma ação interdisciplinar.

O resultado do trabalho, é a realização, a partir desta quarta-feira, de exposição de obras feitas pelos pacientes dos CAPS tendo como base a mostra Uma janela para realidade da arte urbana em cartaz na Pinacoteca. 
Além disso, também acontecerá roda de conversa com profissionais do local com o tema: arte como instrumento terapêutico no tratamento de usuários da rede de saúde mental.

A abertura da exposição contará com a apresentação do coral formado pelos pacientes do CAPS, manifestações artísticas e também desfile com roupas personalizadas com elementos da linguagem artística utilizada.

Nesta edição, participam da atividade também, integrantes do Incluarte e do Nutrarte, dispositivos das redes de atenção psicossocial dos municípios de São Caetano e São Bernardo do Campo, respectivamente e do abrigo de idosos Irmã Tereza, no Bairro Nova Gerty.

julho 29

PRÓ-MEMÓRIA E SESC SÃO CAETANO REALIZAM OFICINA E AULA DE JONGO E CAPOEIRA

  • segunda-feira, 29 de julho de 2019

Fomentadora de projetos e parcerias culturais na cidade, a Fundação Pró-Memória realizou nos últimos dias 23 e 25 de julho junto com o Sesc São Caetano atividades do evento Conexão Capoeira ABC na Pinacoteca Municipal.

A primeira ação realizada foi a Oficina de Jongo ministrada pelo Mestre Miudinho. Manifestação de origem africana integrante da cultura popular brasileira, o jongo traz em sua gênese a música, poesia de improviso e dança e também é conhecido como caxambu e corimá.

Já na quinta-feira (25/7) a Pinacoteca recebeu aula aberta de Capoeira Angola com Womualy Gonzaga dos Santos e Claudia Cezar da Silva. Considerada uma prática cultural que se organiza em forma de sistema, a capoeira conta com os seguintes elementos: roda, toques musicais do berimbau, músicas, ginga e movimentos corporais.