Skip to content

Notícias


outubro 18

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA LANÇA LIVRO SÃO CAETANO EM CRÔNICAS

  • quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Celebrando os 70 anos da autonomia político-administrativa de São Caetano do Sul, a Fundação Pró-Memória promove na próxima quinta-feira (25/10) no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, nº1111 – Bairro Santa Paula) às 19h30 o lançamento do livro São Caetano em Crônicas. A entrada é livre e a publicação será distribuída gratuitamente aos presentes.

Com organização da pesquisadora da Pró-Memória, Cristina Ortega, a obra é uma coletânea de notícias, artigos e crônicas, publicados no Jornal de São Caetano, no período de 1946 a 1979, que foi organizada tendo em vista aspectos da vida política, econômica, social e cotidiana da cidade, além de acontecimentos pitorescos que tiveram relevância na época. Informações históricas complementares enriquecem o conteúdo e situam o leitor em cada notícia.  

A publicação é um convite à análise de como um meio de comunicação pode ser importante ferramenta de compreensão da sociedade e à contextualização da memória local. Entre os 70 textos selecionados estão escritos de personalidades históricas do município como Ítalo Dal’Mas, Mário Botteon e Mário Porfírio Rodrigues.

Projeto Editorial
São Caetano em Crônicas marca a retomada do setor editorial de livros da Fundação Pró-Memória. Além da edição semestral da revista Raízes, publicada desde 1989, a instituição também já lançou 26 livros e planeja para 2019 a produção de mais duas obras.

outubro 16

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA APRESENTA EXPOSIÇÃO DE CALCOGRAVURAS AQUARELADAS

  • terça-feira, 16 de outubro de 2018

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul por meio do Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico – apresenta sua mais nova exposição a partir desta sexta-feira (19/10) às 19h.

Metallum aqua vitae consiste em 45 obras da artista Francisca do Val. Bióloga, Bióloga, ela nos convida a adentrar em um mundo alquímico, criado a partir do metal, da água e dos corantes, pigmentos e vernizes, e, principalmente, da emoção, como catalisadores de uma receita gráfica, uma soma com mais de 2.500 anos que, gravada em papel, dispensa o uso do microscópio.

Influenciada por seu pai e outros mentores Francisca, por meio da calcogravura (gravura em metal) transfere para o cobre suas percepções estéticas, utilizando a ponta seca, o buril, o ácido e fragmentos de histórias, vividas ao longo da carreira e em família, impregnadas da busca humana pelo belo. Tendo como fio condutor a fauna e a flora, em contraste com o desatino do viver na paisagem urbana. Seria a planta dentro de um vaso na janela um ato de resistência? 

A mostra tem visitação livre e gratuita e vai até 11 de janeiro de 2019. O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 9h às 16h. O Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico  - está localizado na Praça do Professor (Avenida Goiás, altura do número 1.111). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223 4780.

setembro 25

INSCRIÇÕES PARA SEXTA EDIÇÃO DE MOSTRA COLETIVA DE ARTISTAS DE SÃO CAETANO ENTRA NA ÚLTIMA SEMANA

  • terça-feira, 25 de setembro de 2018

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, por meio da Pinacoteca Municipal, está com inscrições abertas até a próxima sexta-feira (28/9) para a 6ª Vitrine de Arte – Mostra Coletiva de Artistas de São Caetano do Sul, projeto que tem como objetivo o conhecimento e a divulgação da produção artística local, além de revelar novos talentos e provocar discussões em torno dessa produção.
 
Iniciado em 2003 e com periodicidade bienal, a Vitrine já apresentou trabalhos de centenas de artistas locais. Na última edição, em 2016, entre pinturas, fotografias, esculturas e instalações, foram mais de 130 trabalhos inscritos por 76 artistas.
 
As inscrições são gratuitas. Além de artistas moradores da cidade, também podem participar aqueles que trabalham no município, ou que comprovem terem nascido em São Caetano. Cada artista poderá inscrever até três obras, em diversas temáticas, linguagens, técnicas e materiais. Os trabalhos selecionados ficarão expostos na Pinacoteca Municipal a partir de outubro de 2018.
 
A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site da Fundação Pró-Memória (www.fpm.org.br), na página de Downloads. As obras e a ficha de inscrição preenchida deverão ser entregues na sede da instituição, localizada na Av. Dr. Augusto de Toledo, nº 255, Bairro Santa Paula. Mais informações pelo telefone 4223-4780 ou pelo email pinacoteca@fpm.org.br

setembro 11

ARTISTAS PROMOVEM VISITA MONITORADA E CONVIDAM PARA OBRA COLETIVA EM EXPOSIÇÃO DA PRÓ-MEMÓRIA

  • terça-feira, 11 de setembro de 2018

O sábado (15/9) será especial para os frequentadores da exposição Vivências localizada no Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico (Praça do Professor, alt. da Avenida Goiás nº 1111 – Bairro Santa Paula).
Com a participação dos artistas expositores da mostra (Fabrício Urbaneja, Henrique Camargo, João Alberto Tessarini e José Ignacio Mendes) será realizada das 9h às 12h visita monitorada ao local e a participação do público na produção da obra coletiva, uma xilogravura formada por três placas de madeira que será transformada no biombo do fraldário do Ateliê Pedagógico.
“O objetivo é criar um diálogo único entre público e exposição gerando empatia, interatividade e participação”, afirmou Tessarini que além de artista da atividade é o coordenador do espaço cultural.

Mostra
Contando com aproximadamente 20 obras, a mostra, que é um projeto bienal inicializado em 2014, homenageia os frequentadores do Ateliê e celebra a existência desse espaço voltado para a educação do olhar, a criatividade e a liberdade de sonhar.
Aos artistas convidados, a partir do tema Anatomia de um urbanismo com cabeça, tronco e membros, foi proposta a criação a partir das técnicas disponibilizadas pelo Ateliê (desenho, xilogravura, papel artesanal) e da soma-reimpressão das matrizes de xilo gravadas pelas pessoas em suas vivências artísticas no local, do leigo ao profissional em arte, resultando em obras para reflexão e homenagem e registro da história. O corte a laser, utilizado em algumas intervenções, sinaliza o convite para a liberdade técnica dos frequentadores.
Com entrada gratuita e visitação livre, Vivências vai até o dia 28 de setembro. O Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico funciona de segunda à sexta-feira das 9h às 16h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223 4780.

setembro 05

PRÓ-MEMÓRIA ABRE INSCRIÇÕES PARA SEXTA EDIÇÃO DE MOSTRA COLETIVA DE ARTISTAS DE SÃO CAETANO

  • quarta-feira, 5 de setembro de 2018

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, por meio da Pinacoteca Municipal, está com inscrições abertas para a 6ª Vitrine de Arte – Mostra Coletiva de Artistas de São Caetano do Sul, projeto que tem como objetivo o conhecimento e a divulgação da produção artística local, além de revelar novos talentos e provocar discussões em torno dessa produção.
 
Iniciado em 2003 e com periodicidade bienal, a Vitrine já apresentou trabalhos de centenas de artistas locais. Na última edição, em 2016, entre pinturas, fotografias, esculturas e instalações, foram mais de 130 trabalhos inscritos por 76 artistas.
 
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas 28 de setembro. Além de artistas moradores da cidade, também podem participar aqueles que trabalham no município, ou que comprovem terem nascido em São Caetano. Cada artista poderá inscrever até três obras, em diversas temáticas, linguagens, técnicas e materiais. Os trabalhos selecionados ficarão expostos na Pinacoteca Municipal a partir de outubro de 2018.
 
A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site da Fundação Pró-Memória (www.fpm.org.br), na página de Downloads. As obras e a ficha de inscrição preenchida deverão ser entregues na sede da instituição, localizada na Av. Dr. Augusto de Toledo, nº 255, Bairro Santa Paula. Mais informações pelo telefone 4223-4780 ou pelo email pinacoteca@fpm.org.br

agosto 22

MUSEU MUNICIPAL CONTA A HISTÓRIA DOS BAIRROS FUNDAÇÃO E PROSPERIDADE EM NOVA EXPOSIÇÃO

  • quarta-feira, 22 de agosto de 2018

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul apresenta por meio do Museu Histórico Municipal a exposição Nos arredores da ferrovia: a formação dos bairros da Fundação e Prosperidade. A abertura será nesta sexta-feira (24/08) às 11h.
Contando com painéis expositivos, fotos e objetos, a mostra retrata a formação dos Bairros da Fundação (e consequentemente do município sul-são-caetanense) e Prosperidade. Este último completa 55 anos do início do processo de anexação à cidade em 2018. Anteriormente a então vila pertencia a Santo André.
Além do contexto histórico, o visitante também terá acesso a informações referentes a vida econômica, social, religiosa, cultural e esportiva das localidades sempre pontuadas pela importância no cotidiano do município.
Nos arredores da ferrovia: a formação dos bairros da Fundação e Prosperidade  tem visitação livre e gratuita. O Museu Histórico Municipal fica na Rua Maximiliano Lorenzini, 122, Bairro da Fundação. O horário de funcionamento é de terça a sexta das 8h às 17h e aos sábados das 9h às 13h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4229 1988.

agosto 09

PRÓ-MEMÓRIA LEVA EXPOSIÇÃO SOBRE O COMÉRCIO DA CIDADE PARA A CÂMARA MUNICIPAL

  • quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Homenageando esse importante setor da economia, a Fundação Pró-Memória promove a exposição Os Velhos Tempos do Comércio em São Caetano. A mostra apresenta um pequeno esboço do desenvolvimento do comércio local. Alguns dos estabelecimentos retratados, inclusive, continuam em plena atividade.

A referência feita a pontos comerciais que marcaram época permitirá ao público conhecer as características do comércio sul-são-caetanense e os hábitos de consumo presentes na cidade ao longo de diferentes períodos históricos.  A atividade contempla também imagens dos principais centros comerciais de São Caetano e de membros pioneiros da Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano do Sul)

Os Velhos Tempos do Comércio em São Caetano está em cartaz até 24/8 no saguão da Câmara Municipal (Avenida Goiás, nº 600 – Bairro Santo Antônio) e tem visitação livre e gratuita. O horário é das 8h às 18h.

agosto 03

ESTUDANTES SÃO HOMENAGEADOS EM EXPOSIÇÃO VIRTUAL DA PRÓ-MEMÓRIA

  • sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Não importa a idade, o curso e nem a área do saber. Os estudantes são os protagonistas e homenageados da exposição virtual de agosto da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul em cartaz a partir desta quarta- feira (1/8) no site da instituição: www.fpm.org.br

A mostra Vida de Estudante retrata por meio das mais de 20 fotos provenientes do Centro de Documentação Histórica diferentes épocas, estilos e atividades envolvendo o setor estudantil sul-são-caetanense, como por exemplo, as primeiras turmas de alunos da cidade e a Passeata do Silêncio de 1961.
 
Com a exposição, a Pró-Memória celebra o Dia do Estudante, comemorado todo 11 de agosto há 191 anos. A data, criada pelo imperador D.Pedro I, marca a criação dos dois primeiros cursos de ciências jurídicas do país em 1827.

julho 25

RAÍZES CHEGA AOS 30 ANOS CELEBRANDO O CINQUENTENÁRIO DA USCS

  • quarta-feira, 25 de julho de 2018

Mais uma instituição cinquentenária de São Caetano do Sul ganha destaque na revista Raízes. A edição de número 57, que será lançada no próximo dia 31 de julho, tem como tema principal os 50 anos da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), que teve seu primeiro dia de aula em 1º de agosto de 1968. O evento de lançamento será realizado na Universidade, no auditório do prédio B do Campus Barcelona (Avenida Goiás, nº 3.400), a partir das 19h30.

Professores, funcionários, alunos e ex-alunos contribuíram para a organização de diversos artigos que traçam um panorama sobre a trajetória da universidade e como a instituição preserva sua história.  Destaque para os depoimentos de Oscar Garbelotto, diretor municipal de Educa¬ção e Cultura na época de funda¬ção da entidade, e de Moacyr Antonio Ferreira Rodri¬gues, diretor da universidade de 1989 a 1992. Os ex-alunos Álvaro Juvenal da Conceição Ferreira, Moacir Ricci e Vagner Barbato, integrantes das primeiras turmas, também relatam episódios de seus tempos de estudantes universitários.

A publicação segue com as seções Memória, História Oral, Esportes, Homenagem, Curiosidades, Artigos, Regionais, Poesias e Crônicas, além das colunas que destacam imagens antigas da cidade como Memória Fotográfica, Baú de Memórias e Raízes e Retratos.

Ano 30 – A edição 57 da revista Raízes marca o trigésimo ano da publicação, que teve seu primeiro número lançado em julho de 1989. Para celebrar seus 30 anos de existência, a revista ganhou páginas adicionais. Agora, em vez de 132 páginas, são 144. E assim, segue firmemente como ferramenta de reconhecimento e valorização do patrimônio cultural do município, representan¬do, ainda, um incentivo à pesquisa da história de São Caetano e da região, sob diversos aspectos. 

A distribuição da revista será gratuita no dia do evento e, a partir do dia 1º de agosto, ocorrerá na sede da Fundação Pró-Memória (Av. Dr. Augusto de Toledo, nº 255 – Bairro Santa Paula), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e no Museu Histórico Municipal (Rua Maximiliano Lorenzini, nº 122 – Bairro da Fundação), de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h. Mais informações pelo telefone 4223-4780.

julho 24

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA APRESENTA A EXPOSIÇÃO MUTAÇÕES

  • terça-feira, 24 de julho de 2018

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul por meio da Pinacoteca Municipal apresenta a partir desta quinta-feira (26/7) a exposição Mutações. A atração faz parte do calendário de festejos pelo aniversário de 141 anos do município.

A mostra conta com o trabalho de nove artistas (Edilaine Brum, Álvaro Franklin, Gladys Maldaun, Yasushi Kojima, Leonor Décourt, Antonio Valentim Lino, Marcia Kikuchi, Nario Barbosa e Sheila Kracoshansky) com expressões e técnicas, que estimulam a reflexão subjetiva sobre a obra de arte, evidenciando como o contemporâneo rompe com alguns aspectos da arte acadêmica e moderna, colaborando para ajustar uma nova mentalidade. 

Um extenso leque de estilos, perspectivas e técnicas contemplam essa exposição, afinal, seguindo o conceito de Theodore Adorno (1903-1969), a grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu caráter ambíguo, que deixa o espectador decidir sobre o seu significado.
Mutações tem visitação de 27/7 a 11/10 de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 13h. Entrada livre e gratuita. A Pinacoteca fica na Avenida Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223 4780.