Skip to content

Notícias


março 03

PRÓ-MEMÓRIA RECEBE ARTIGOS E FOTOS PARA REVISTA RAÍZES

  • terça-feira, 3 de março de 2020

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul está com inscrições abertas para a submissão de artigos para publicação na próxima edição da revista Raízes. O manual com as normas está disponível no site da Pró-Memória na página de Downloads (http://www.fpm.org.br/Download). O prazo final de entrega será no dia 17 de abril.

Com 60 edições publicadas, a revista celebra o legado do passado e visa manter viva a história e a memória de São Caetano do Sul e do Grande ABC, sempre fazendo elo com o presente e com as novas gerações. A normatização para os artigos foi criada com o objetivo de melhorar a qualidade da revista e aprimorar seu conteúdo. Os textos da Raízes abrangem temáticas da história e da memória da cidade de São Caetano do Sul ou da região (Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), assim como patrimônio histórico e cultural, arquivologia, museologia e artes visuais.
Artigos, resenhas, crônicas e entrevistas, de pesquisadores autônomos ou vinculados a instituições públicas ou privadas, ou mesmo escritores independentes, integram as edições semestrais, publicadas sempre nos meses de julho e dezembro.

Raízes e Retratos
A Pró-Memória também está com o projeto Raízes e Retratos aberto para inscrições. Dentro do mesmo período, poderão ser inscritas fotos com qualquer tema, como registros familiares, eventos políticos/sociais, arquitetônicos, religiosos, étnicos, de hábitos, costumes, aspectos culturais e turísticos, que poderão ser publicadas na revista Raízes. 
Após passarem por avaliação, as fotos são devolvidas àqueles que contribuíram. As imagens podem ser trazidas na sede da Pró-Memória (Av. Dr. Augusto de Toledo, n° 255, Bairro Santa Paula) de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, ou enviadas para o e-mail raizes@fpm.org.br.
Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone 4223-4780 ou pelo site da instituição, www.fpm.org.br.

março 02

PRÓ-MEMÓRIA E BIBLIOTECA PAUL HARRIS REALIZAM SARAU DEDICADO ÀS MULHERES

  • segunda-feira, 2 de março de 2020

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul em parceria com a Biblioteca Municipal Paul Harris e a comunidade Bahá’í da cidade realizam no próximo sábado (7/3) às 10h sarau em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no domingo, 8.

A ação será realizada em duas partes. A primeira, na Biblioteca, contará com debates, música, textos para reflexão e dramatização tendo como tema central a 
emancipação da mulher.

Logo após, os participantes irão se dirigir ao vizinho Espaço Cultural Casa de Vidro, onde é realizada a exposição Luz para o Mundo e participarão da produção de uma arte coletiva que ficará na mostra com o mesmo tema do sarau.
A Biblioteca Paul Harris está localizada na Avenida Dr. Augusto de Toledo, 255, e o Espaço Cultural Casa de Vidro na Praça do Professor. Entrada livre e gratuita.

fevereiro 26

PINACOTECA DE SÃO CAETANO PROMOVE EXPOSIÇÃO AS BACANTES DE ISRAEL KISLANSKY

  • quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul por meio da Pinacoteca Municipal apresenta a exposição As Bacantes com obras de Israel Kislansky. A abertura do evento será no próximo dia 5 de março às 19h30.
Composta por 77 trabalhos produzidos nos anos de 2014 a 2019, entre cerâmicas, bronzes, desenhos, gesso, ceras e moldes, a mostra é marcada pelo exímio domínio escultórico do artista na modelagem em cerâmica e na fundição de Kislansky, que conta com mais de 30 anos de atividade.

“Observando suas esculturas, experimentamos um turbilhão de emoções, constatamos o equilíbrio, a mansidão e a serenidade de rostos compondo a discordância de corpos serpenteantes, manifestando um bailado sensual, um encantamento. A gestualidade pujante aglutina a finalidade de forjar sua obra a uma expressão única. ”, afirmam as curadoras da exposição e coordenadoras da Pinacoteca, as arte-educadoras Nayr Duarte e Fabiana Cavalcante.
Kislansky classifica suas obras como “uma amálgama de influências, se beneficiando e nos favorecendo a diversidade de expressões artísticas” e complementa: 

“O universo do corpo, sobretudo o feminino, desde o início foi um lugar natural para minha escultura. Essas representações vêm se transformando e a aproximação simultânea com As Bacantes e o metal foi fundamental. ”, explica.

A exposição fica em cartaz de 6 de março a 20 de abril com entrada livre e gratuita. A Pinacoteca Municipal está localizada na Avenida Dr. Augusto de Toledo, nº 255 com horário de funcionamento de segunda a sexta das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 13h. Mais informações podem ser obtidas no telefone 4223 4780.

Artista
Israel Kislansky nasceu em Salvador (BA) e se tornou, a partir do final da década de 1990, referência em escultura figurativa e fundição de obras de arte em metal no Brasil. Radicado na capital paulista desde 1983, é formado em artes visuais pela Faculdade Santa Marcelina. Estudou com nomes como Iole Di Natale, José Antônio Van Acker e Rubens Matuck. 
Entre os anos de 1996 e 2010 realizou intensa atividade educacional, levando cursos e palestras sobre escultura figurativa aos principais centros culturais e universitários do país. Produziu o livro Fundição Artística, primeira publicação técnica especializada em fundição de obras de arte em metal no Brasil.

fevereiro 13

PRÓ-MEMÓRIA CELEBRA O CARNAVAL EM EXPOSIÇÃO VIRTUAL

  • quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

A festa mais popular do Brasil está chegando trazendo consigo muita música, alegria, serpentina, confete e fantasia. E é claro que a folia não poderia passar em branco pela Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul que homenageia o Carnaval em sua mais recente exposição virtual disponível no site: www.fpm.org.br

Então é Carnaval conta com fotos dos antigos carnavais sul-são-caetanenses, como os animados bailes do São Caetano Esporte Clube e no General Motors Esporte Clube, que começaram a levar os foliões para os salões na década de 1930. O extinto Clube Comercial fez muito sucesso nas décadas de 1950 e 1960, assim como o clube da Cerâmica São Caetano.

Palavra originária do latim carnis levale, cujo significado é “retirar a carne”, relacionada ao jejum, que deveria ser feito durante a quaresma, e ao controle dos prazeres mundanos, da carne, o carnaval no Brasil surgiu durante o período colonial. Primeiramente apareceu o entrudo, de origem portuguesa, praticado pelos escravos. Depois surgiram os cordões, ranchos, as festas de salão e os desfiles das grandes escolas de samba.

Hoje a festa também é apresentada nas ruas com a presença de carros de som, ou animada por artistas que agitam o público, acompanhados por populares que dançam e brincam, cantando músicas atuais e também as tradicionais marchinhas do passado.

fevereiro 11

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA E COMUNIDADE BAHÁ’Í APRESENTAM EXPOSIÇÃO LUZ PARA O MUNDO

  • terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul e a Comunidade Bahá’í da cidade apresentam a partir da próxima sexta-feira (14/2), às 19h, no Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico (localizado na Praça do Professor, ao lado do Teatro Santos Dumont) a exposição Luz para o Mundo.
Composta por painéis fotográficos, a mostra traz uma reflexão sobre o tempo e a realidade de nossos dias atuais com questionamentos do dia a dia que levam o visitante a ponderação e o conhecimento.

“Os diferentes desafios que as sociedades enfrentam podem ser traduzidos em questões que, apesar de pertinentes para a comunidade de São Caetano são ao mesmo tempo, universais e complexas. Todavia, a complexidade das questões não deve implicar na desistência de sua resolução, mas sim na aproximação cuidadosa dos diversos fatores e atores que compõem as possiblidades de compreensão, bem como as tomadas de decisões e soluções – ainda que provisórias – dessas questões”, disse uma das organizadoras da exposição e integrante da comunidade Bahá’í do município, Fariba Shaikhzadeh Vahdat.

Após a apreciação geral do evento, os participantes serão convidados a exporem, de forma escrita, a questão que mais chamou atenção pessoalmente e a responderem: por que você acha que esse é um questionamento para a nossa sociedade hoje?
A mostra Luz para o Mundo tem visitação livre e gratuita de segunda a sexta das 9h às 17h e fica em cartaz até o dia 30 de abril. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223 4780. Conheça mais sobre a comunidade Bahá’í em: https://www.bahai.org.br/ 

dezembro 18

FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA EXALTA AÇÕES DE 2019 E PROJETA AMPLIAR ATIVIDADES EM 2020

  • quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul chega ao fim de 2019 com ampliação de suas atividades, abertura de novos espaços, retomada de serviços e maior inserção em eventos estaduais e regionais. Fortalecendo assim, sua missão de preservar e salvaguardar a memória do município e de sua população. Mais do que isso, a instituição hoje é um equipamento cultural de extrema relevância para a cidade.

No total foram realizadas 29 exposições entre virtuais e físicas nos espaços expositivos da Pró-Memória e em seu site atraindo milhares de pessoas. 

2019 foi marcado também pela reativação de mais um centro de exposição: o Salão Expositivo do Espaço Verde Chico Mendes, em setembro, com a mostra Retratos do Passado, somando assim com os outros quatro espaços  (Pinacoteca Municipal, Museu Histórico Municipal, Espaço do Forno e Ateliê Pedagógico - Espaço Cultural Casa de Vidro) da instituição.

“Faz parte de nosso objetivo levar cultura e entretenimento à comunidade, sempre com viés histórico e memorialista, mas também promovendo o bem-estar social, o conhecimento e a interação entre as pessoas”, disse o presidente da Pró-Memória, Charly Farid Cury.

Reformulação de Raízes
Considerada por especialistas como uma das mais importantes publicações de sua área em âmbito estadual, Raízes passou por reformulação gráfica e editorial a partir da edição 59 (lançada em julho) sempre mantendo os princípios que norteiam a revista em suas três décadas de existência. O número 60, lançado em dezembro, traz como artigo de capa, análises sobre os períodos da administração pública municipal de Anacleto Campanella e suas iniciativas como deputado estadual e federal.

Ainda na área editorial, o livro A História de São Caetano do Sul foi reimpresso esse ano e distribuído para todos os alunos do 3º. ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Municipal. Além disso, os colaboradores da FPM, Márcia Gallo e Rodrigo Munari lançaram livros com temas histórico-educacionais correlatos à atuação da instituição.

Praça da Cultura
Sediada desde 2002 na Praça do Professor, na Avenida Goiás esquina com a Avenida Dr. Augusto de Toledo no Bairro Santa Paula, a Pró-Memória este ano promoveu em parceria com instituições privadas a revitalização paisagística do local, que ganhou mais contornos culturais com a doação, em outubro, de escultura em aço corten de autoria do artista Rubens Ianelli e doada pelo próprio.

Rodas de Conversa
Outra atividade criada e realizada com periodicidade em 2019 foram as Rodas de Conversa. A primeira edição foi realizada em abril no Espaço do Forno com o sociólogo José de Souza Martins. Desde então, foram promovidos outros encontros com temas diversos e com grande participação do público.

Outras ações
A Fundação Pró-Memória esteve presente em diversos eventos da municipalidade como a Festa Italiana, Entoada Nordestina, Dia de Brincar, Medalha Di Thiene e o Governo em Movimento por meio do Cidadão da História e do Jogo da História de São Caetano, além da participação em congressos, pesquisas e encontros.

2020
Para o ano que se iniciará em breve, a Pró-Memória virá com novidades, como a celebração dos 60 anos do Museu Histórico Municipal e a ampliação do Centro de Documentação Histórica. “Estamos prestes a receber a doação de um importante acervo jornalístico, o que tornará esse nosso setor ainda mais referencial para pesquisa e estudo na região do ABC. Fortalecendo assim nossa missão de difundir, divulgar e preservar a cultura, memória e história de São Caetano”, finalizou Charly.

dezembro 11

PRÓ-MEMÓRIA REALIZA ÚLTIMA REUNIÃO DO ANO DE SEUS CONSELHOS E COMISSÃO EDITORIAL

  • quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul realizou na tarde da última terça-feira (10/12) no Espaço Cultural Casa de Vidro a última reunião do ano dos Conselhos Diretor e Consultivo e da Comissão Editorial da instituição.

“Foi um encontro produtivo em que detalhamos as ações realizadas em 2019, o orçamento para 2020 além de nossos projetos para o próximo ano”, disse o presidente da instituição Charly Farid Cury.

Neste ano, a Pró-Memória ampliou ainda mais seu campo de ação com a reabertura do Salão Expositivo do Espaço Verde Chico Mendes, a reformulação do projeto gráfico e editorial da Revista Raízes e da revitalização paisagística e cultural da Praça do Professor, onde está localizada a sede da instituição.
Na ocasião, os conselheiros fizeram observações, elogios e sugestões com o intuito de colaborar com a Pró-Memória.

dezembro 10

RAÍZES 60 É LANÇADA PELA FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA

  • terça-feira, 10 de dezembro de 2019

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul realizou na noite da última segunda-feira (9/12) no Teatro Santos Dumont, no Bairro Santa Paula, o lançamento da edição de número 60 da Revista Raízes. A publicação é editada semestralmente de forma ininterrupta desde julho de 1989.

“Parabenizo a Pró-Memória por mais uma vez de forma sábia retratar a biografia, os fatos e a história de nossa cidade e de nossa gente. Raízes a cada número se supera em excelência”, disse o prefeito José Auricchio Júnior durante o evento.

O secretário municipal de Cultura, João Manoel da Costa Neto, destacou a inovação e as ações da FPM na preservação e divulgação da memória e na cultura em geral. “Percebo a cada momento um novo e moderno jeito da instituição em cumprir sua missão, sempre ligada aos tempos atuais e na velocidade da informação”, realçou.

“Nesse sexagésimo número Raízes continua como um poderoso instrumento de consolidação das memórias e das identidades da população de nossa cidade.  A memória de uma cidade é feita de histórias, experiências, sensações, mas também de documentos, fotografias e construções. Nossa revista materializa essas diversas narrativas, diferentes olhares”, explanou o presidente da Pró-Memória, Charly Farid Cury.
O evento contou também com apresentação do coral do Hospital Beneficência Portuguesa, que completa 70 anos de existência e é tema de um dos textos da publicação.

Homenagens 
Com artigo de capa destacando os períodos da administração pública municipal de Anacleto Campanella (1953-1957 e 1961-1965) e suas iniciativas como deputado estadual e federal, o lançamento da revista contou com a presença de familiares do homenageado, entre eles,  os filhos Adauto e Tite Campanella que discursaram representando a família e a Câmara respectivamente.
“Meu pai teve participação fundamental no surgimento e nos primeiros anos do município de São Caetano do Sul e seu legado perdura até hoje. Infelizmente nos deixou cedo aos 44 anos e foi calado por força do regime ditatorial”, disse Adauto em referência à cassação de seus direitos políticos sofrida por Campanella por meio do Ato Institucional nº 5 em 1968.
“Acredito que um de seus grandes acertos foi transmitir a toda a família o amor e a servidão que tinha por essa cidade e com toda certeza nós seguimos essa direção”, discursou Tite.

Revista
Além do artigo sobre Anacleto Campanella, a publicação, que conta com novo projeto gráfico e editorial desde a edição anterior, traz diversas matérias, artigos e seções, sempre com a essência e os propósitos de divulgar e incentivar as pesquisas referentes à história da cidade e de sua gente e de reconhecer e valorizar o patrimônio cultural do município e região.
A distribuição da revista é gratuita e ocorrer na sede da Fundação Pró-Memória (Av. Dr. Augusto de Toledo, nº 255 – Bairro Santa Paula), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e nos demais espaços expositivos da instituição (Espaço do Forno, Salão Expositivo Chico Mendes e Museu Histórico Municipal) em seus respectivos horários de funcionamento. Mais informações pelo telefone 4223-4780.

dezembro 04

PRÓ-MEMÓRIA APRESENTA EXPOSIÇÃO ELAS POR ELAS

  • quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Está em cartaz desde o último dia 2 de dezembro no Espaço Cultural Casa de Vidro – Ateliê Pedagógico (localizado na Praça do Professor, ao lado do Teatro Santos Dumont) a exposição fotográfica Elas por Elas.
Exibida pela primeira vez em 2016, a mostra produzida pela Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul retorna com nova concepção visual e reúne os olhares sensíveis de 12 fotógrafas profissionais. 

As imagens expostas nos levam ao universo do trabalho de 48 mulheres que residem ou trabalham em São Caetano. Cada fotógrafa foi convidada a colaborar com fotos de quatro mulheres, em profissões diferentes. O resultado é uma grande variedade de profissionais em flagrantes que exalam a força, a beleza e a versatilidade das mulheres.

Elas por Elas conta com visitação livre e gratuita e vai até o dia 31 de janeiro de 2020. O horário de funcionamento do Espaço Cultural Casa de Vidro é de segunda a sexta-feira das 9h às 17h. 

dezembro 03

EXPOSIÇÃO VIRTUAL DE DEZEMBRO DA PRÓ-MEMÓRIA CELEBRA OS 30 ANOS DO AZULÃO

  • terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Vice-campeã da Libertadores da América (2004), duas vezes vice-campeã nacional (2000, 2001), cinco títulos paulistas (dois da A3 em 1991 e 1998, dois da A2 em 2000 e 2017 e um da primeira divisão em 2004) e atual campeã da Copa Paulista, a Associação Desportiva São Caetano (AD São Caetano) chega aos 30 anos de existência em 4 de dezembro. 

Marcando a data, a Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul homenageia o Azulão – como o time é popularmente conhecido – em sua exposição virtual de dezembro disponível no site: www.fpm.org.br
Com mais de duas dezenas de fotos, a mostra retrata toda a trajetória da equipe, desde os primórdios, passando pelas mais diversas fases, relembrando as conquistas e ídolos marcantes em suas três décadas.