Skip to content
  • Reservado para Menores
    :: PROJETO DE VISITAÇÃO MONITORADA ::
  • Chegou a hora das festas juninas
    :: EXPOSIÇÃO VIRTUAL ::

Programação


Permanente

A proposta do projeto Reservado para Menores é criar alguns momentos de estranhamento ou reflexão, com um público específico e muito importante – as crianças – procurando oferecer tudo de bom que a Arte pode trazer. Visitação monitorada na Pinacoteca Municipal para grupos de crianças a partir dos 3 anos.
Projeto Reservado para Menores

Visitação até 16 de julho

A Pinacoteca Municipal com esta exposição realiza sua missão de proporcionar a possibilidade da apreciação de diversas técnicas artísticas, entre elas o grafite, como arte urbana. O grupo convidado para a exposição é formado por um coletivo composto pelos artistas Raiva/Frame, MAO, KOK, Sumiê e Noti Mambembe. Visitação até 16 de julho.

Uma janela para realidade da arte urbana

Até 21 de junho

Nessa mostra o visitante poderá experimentar a técnica milenar da xilogravura, gravação e impressão. O artista Célio Rosa, premiado em várias exposições, tem a natureza como seu principal tema de pesquisa poética e plástica.  Serão expostas 26 obras, entre xilogravuras e litogravuras, além de matrizes diversas. Visitação até 21 de junho.
CLARO-ESCURO - XiloRosa, LitoRosa, Célio Rosa: sensível volta às origens

Visitação até 16 de julho

A Pinacoteca Municipal traz obras de oito artistas, que pretendem apropriar-se do espaço expositivo, explorando a tridimensionalidade que o ambiente oferece, propondo uma experiência de reflexão sobre a arte contemporânea e o processo criativo, propondo que a obra não seja só um objeto em si, mas que se funde com o processo criativo. Visitação até 16 de julho.
O processo é Incessante

Junho

Fotografias do acervo do Centro de Documentação da Fundação Pró-Memória mostram como a população de São Caetano do Sul comemorava as festas juninas desde a década de 1950 até 1990.
Chegou a hora das festas juninas

De segunda a sexta-feira l Das 9h às 16h

O projeto consiste na captação de acervo histórico e de memória de São Caetano do Sul. O objetivo é estimular a doação de documentos, fotografias, mapas, livros e objetos que pertenceram aos moradores da cidade e também a pessoas que atuaram profissionalmente no município. Para fazer a sua doação, o interessado pode se dirigir à Fundação Pró-Memória ou ao Museu Municipal. +Inf.: 4223-4780 ou centro.documentacao@fpm.org.br.
Projeto Baú de Memórias: Guarde aqui suas lembranças

Visitação até 14 de setembro.

A exposição apresenta uma coleção de 32 fotografias, de autoria do sociólogo José de Souza Martins, que retrata as ruínas da Cerâmica São Caetano S/A, uma das indústrias mais importantes para o desenvolvimento econômico de São Caetano do Sul e que encerrou suas atividades depois de cerca de 90 anos de funcionamento. O fotógrafo nos conduz pelo seu próprio imaginário e pelos rastros dos antigos ocupantes da fábrica, agora operários invisíveis. Visitação até 14 de setembro.
Cerâmica São Caetano: o resto e o silêncio

De segunda a quinta-feira l Das 9h às 16h

Programa educativo direcionado ao público das instituições de atendimento social e de saúde mental, como o Centro de Atenção Psicossocial (Caps), que tem o objetivo de, por meio da apreciação da arte e de atividades artístico-pedagógicas, dar suporte às terapias ocupacionais, contribuindo para o desenvolvimento de fatores como inserção social, memória, concentração, entre outros. As instituições podem realizar o agendamento pelo email acaoeducativa@fpm.org.br. +Inf.: 4223-4780.
Projeto Arte como Apoio Terapêutico